ROGÉRIO LINS ATACA CANAIS DE COMUNICAÇÃO DIZENDO QUE PARALISAÇÃO DE MÉDICOS NO HOSPITAL ANTONIO GIGLIO É FAKE NEWS

04/02/2019

Por Marcelo Neves

Ofício protocolado pelo Sindicato no Gabinete do Prefeito
Ofício protocolado pelo Sindicato no Gabinete do Prefeito

Não se caracteriza FAKE NEWS quando o jornalista tem em mãos informações e documentos verdadeiros. (veja este e outros documentos na matéria)

O Portal A Rede de Notícia foi um dos canais na cidade onde relatou em matéria a paralisação nesta segunda-feira. veja o link da matéria que o Portal A Rede fez ontem (03/02) no final desta (1).

A redação do portal recebeu na manhã da última sexta-feira (01/02), a informação de que o Sindicato dos Médicos do Estado de São Paulo, na quinta-feira (31/01), teria feito o chamamento para reunião com os médicos do Hospital Antônio Giglio e, na reunião, ficou acertada a paralisação. Na sexta-feira, nos chegou também a informação, que o prefeito Rogério Lins teria chamado o presidente do sindicato dos médicos para uma reunião de acordo, porém, mesmo com a informação em mãos, com muita coerência e responsabilidade, a nossa redação resolveu não divulgar na sexta-feira a paralisação e esperar resposta desta reunião para a solução deste grave problema com os médicos e o bom funcionamento do hospital. 

Publicidade. Continua após anuncio.

No domingo (03/02), ontem, no final do dia, recebemos a informação repassada pelo presidente do SIMESP de que a paralisação ocorreria na data determinada em reunião no SIMESP, pois os médicos não teriam aceitado o acordo proposto pelo prefeito, munidos desta informação fornecida pelo presidente, fizemos a matéria de UTILIDADE PÚBLICA, para informar os munícipes da cidade de Osasco.

O prefeito tenta descredibilizar a informação postada como matéria colocando como "FAKE NEWS" e de "VIÉS POLÍTICO PARTIDÁRIO", mas na verdade, ele apenas tenta "tapar o Sol com uma peneira", pois ele vem sendo cobrado duramente por vários órgãos defensores da Saúde e até mesmo pelo Ministério Público do Município, que já o fez assinar duas TACs da Saúde (Termo de Ajuste de Conduta), uma no Hospital em questão, Antônio Giglio e outra na Maternidade Amador Aguiar, veja o link da matéria que o Portal A Rede fez no dia 05/12/2018 no final desta (2).

Talvez o "VIÉS POLÍTICO" ao qual o prefeito atribui a matéria seja devido à citação de um vereador da cidade que há meses vem denunciando todos os problemas na Saúde Municipal, denúncias estas que hoje, chegaram ao limite com a intervenção do Sindicato dos Médicos do Estado de São Paulo onde em reunião com médicos tiveram que chegar ao extremo que foi a paralisação. Não vinculamos o nome do vereador que fez as denúncias na matéria, este é um detalhe muito importante, porém deveríamos tê-lo feito, pois foi o único que ouviu os médicos e os órgãos de defesa da Saúde, mas para não dar credito a este Partido ou aquele, não fizemos e inclusive, para justamente não parecer que a nossa matéria tivesse algum tipo de viés político.

Publicidade. Continua após anúncio

O Portal está em posse das imagens dos ofícios do SIMESP protocolados em todos os setores importantes da Saúde onde informa aos responsáveis de cada pasta a paralisação na data de hoje dia 04/02. (veja as imagens abaixo)

Em contato com o presidente do SIMESP, Dr. Eder Gatti, nesta manhã (04/02), por telefone, o mesmo afirmou que não está sendo negligenciado o atendimento de urgência e emergência, porém, o atendimento está reduzido principalmente nas cirurgias, e o prefeito está fazendo o papel dele tentando desmerecer o que está acontecendo.

Hoje (04/02) pela manhã, o prefeito Rogério Lins transferiu seu gabinete temporariamente para o Hospital Antônio Giglio e segundo ele, ficará por uma semana para resolver os problemas apresentados na unidade, inclusive à situação salarial e contratual dos médicos. Coincidentemente, nesta data, após a veiculação das matérias "FAKE NEWS", assim chamadas por ele, Lins também decidiu substituir a OS que Administra o Hospital Antônio Giglio por uma nova em 120 dias.

Quer fazer bons negócios?