EM AÇÃO CONJUNTA, POLÍCIA CIVIL DE CAMPINAS E DE ALFENAS (MG) PRENDEM DUPLA QUE FABRICAVA METRALHADORAS

13/02/2019

Por Marcelo Neves

Na manhã desta terça-feira (12), policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais de Campinas (Deinter 2) prenderam uma dupla, na cidade mineira de Alfenas, que fabricava metralhadoras para quadrilhas especializadas em roubos a bancos.

As investigações tiveram início no ano de 2018, em razão de apreensões de armas em Campinas, que estavam nas mãos de integrantes de quadrilhas especializadas em roubos a bancos e ataques a carros-fortes.

Publicidade. Continua após anúncio

Clique aqui e veja como se preparar para os concursos na área da EDUCAÇÃO:

https://ceadeh.webnode.com/curso-preparatorio-para-concursos-de-professor-pdi-e-peb-1-diretor-de-escola-em-osasco/

Após extenso trabalho das equipes de investigação, um torneiro mecânico foi identificado como sendo o fabricante das metralhadoras.

Com os diversos indícios já produzidos, e especialmente com a informação de que, nesta manhã (12), ocorreria uma nova transação de armas, houve troca de informações da Polícia Civil de São Paulo com a de Minas Gerais, e a Autoridade Policial Regional de Alfenas obteve mandado de busca judicial para a oficina do suspeito.

Em conjunto com a Delegacia Regional de Alfenas, os agentes prenderam 2 indivíduos que comercializavam 2 metralhadoras de calibre .40, com silenciadores, e 1 espingarda de calibre 12, além de diversos simulacros de metralhadoras e de pistolas.

Publicidade. Continua após anúncio

Apesar de artesanais, as armas são fabricadas com muita precisão e técnica, com alto poder de fogo, com indicativo de que vinham sendo produzidas em escala industrial e abastecendo quadrilhas de vários estados. As investigações prosseguem com o intuito de apurar possível associação criminosa estabelecida pelos indiciados com as quadrilhas investigadas.

Fonte: DEINTER 2/Imprensa

Quer fazer bons negócios?