PM de SP compra mil unidades de submetralhadora utilizada pelo Exército dos EUA

15/12/2020
A Polícia Militar de São Paulo assinou um contrato com a empresa norte-americana Brugger and Thomet (B&T) para a aquisição de 1.000 unidades da submetralhadora APC40 PRO, modelo semelhante ao adquirido pelo Exército dos Estados Unidos.

 
Segundo o tenente-coronel Marco Aurélio Valério, chefe do Centro de Material Bélico da PM paulista, cada arma custará à PM paulista US$ 2.950 (cerca de R$ 15.045).

A previsão é de que as submetralhadoras sejam entregues na capital paulista em 120 dias e comecem a ser usadas pelas tropas de rua e pelos Batalhões de Polícia de Choque ainda no primeiro semestre de 2021.

O contrato foi assinado na semana passada após um rigoroso processo de testes. A última submetralhadora adquirida pela PM, da fabricante brasileira Taurus, apresentou problemas e foi devolvida pela corporação à companhia.

A PM havia adquirido 6 mil submetralhdaras da Taurus SMT-40 ao custo de R$ R$ 30 milhões em 2011. Dois anos depois, um relatório mostrou falhas, dentre elas "fissuras e rompimento de canos", inviabilizando assim seu uso. Esse tipo de falha poderia levar à explosão e provocar ferimentos no atirador.

Fonte: G1