JORNALISTA E APRESENTADOR RICARDO BOECHAT MORRE AOS 66 ANOS EM ACIDENTE DE HELICÓPTERO

11/02/2019

Por Marcelo Neves

O helicóptero que o apresentador estava caiu hoje (11) por volta das 12h no Rodoanel com a Rod. Anhanguera, ele e o piloto não sobreviveram à queda.

O acidente causou ao menos duas mortes e deixou o motorista de um caminhão que foi atingido pela aeronave ao cair com ferimentos leves, ele foi levado para um hospital próximo.

Foram enviadas ao menos nove viaturas para o local. A queda ocorreu no quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco, perto do acesso à Rodovia Anhanguera no km 21. Os Bombeiros não puderam fazer nada, pois os ocupantes da aeronave morreram carbonizados.

Publicidade. Continua após anúncio

O jornalismo brasileiro e mundial chora por esta grande perda, Boechat, como era chamado por amigos, foi um jornalista, apresentador e radialista, brasileiro que já esteve presente nos principais jornais do país, como O Globo, O Dia, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil. Foi também diretor de jornalismo na Band, trabalhou como âncora em diversos jornais do Grupo Bandeirantes de Comunicação.

Foi ganhador de três prêmios Esso, Boechat teve uma coluna semanal na revista ISTOÉ. Boechat é o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se - e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado.

Nós do Portal A Rede de Notícias nos solidarizamos com as famílias enlutadas e também, sentimos a perda deste grande profissional de comunicação que fará muita falta como exemplo de um jornalismo ético e imparcial.

Descanse em paz, amigo!

Quer fazer bons negócios?