EQUIPE DE ISRAEL EMBARCA PARA O BRASIL PARA REFORÇAR O RESGATE AS VÍTIMAS DE BRUMADINHO

27/01/2019

Por Marcelo Neves

Brumadinho - MG

O Grupo é formado por 129 militares especializados em resgate durante catástrofes e estão trazendo os próprios equipamentos eletrônicos e de escavação

Um grupo formado por 129 militares israelenses deve chegar às 21h30 desde domingo, 27, em Minas Gerais para auxiliar nas buscas por vítimas do desastre em Brumadinho. A equipe é especializada em resgate durante catástrofes com uso de sonares e vai trazer material eletrônico e de escavação. Cães farejadores também acompanham o grupo.

                       Publicidade. Continua após o anúncio

A previsão era de que a equipe sairia de Jerusalém às 6 horas (horário de Brasília). Funcionários da embaixada de Israel em Brasília vão para Minas Gerais para dar apoio logístico à equipe.

A operação foi coordenada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu com apoio de Yossi Shelley, embaixador do país no Brasil.

Após sobrevoar a área da trágédia na manhã deste sábado, 26, o presidente anunciou a parceria com Israel para o auxilio na localização das vítimas.

             Publicidade. Continua após anúncio

Um dos principais articuladores da parceria foi o empresário Fábio Wajngarten. Ele intermediou as conversas do embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelly, e o Palácio do Planalto, enquanto Bolsonaro voava para Brumadinho na manhã de sábado.

Após o sobrevoo, o primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu , conversou por telefone com o presidente oferecendo homens e tecnologia para ajudar a lidar com o desastre. Wajngarten é presidente do Hospital Hadassah de Jerusalém no Brasil e membro do board internacional do hospital.

Estadão

Você quer fazer bons negócios?  

Garanta uma boa colocação no próximo concurso da sua cidade.  

Precisando arrumar o seu computador, notebook, impressora ou sua rede?