Com um flagrante por fim de semana, festas clandestinas viram principal preocupação da Vigilância Sanitária de SP

27/01/2021

Neste domingo (24/01), agentes da Secretaria Estadual da Saúde fecharam uma festa clandestina que acontecia em uma chácara na Zona Sul da capital. No local havia cerca de 800 pessoas, sendo 234 delas sem máscara.

Preocupada com o avanço dos números da Covid-19, a Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo tem redobrado as atenções contra as festas clandestinas, onde geralmente há aglomeração de pessoas e o uso de máscaras não é respeitado. De acordo com o Plano SP, eventos como festas estão proibidos em todo o estado, em razão da quarentena decorrente da pandemia do coronavírus.