CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO APROVA PROJETO PARA REFORMA DA PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS

26/12/2018

Marcelo Neves

Vereadores realizaram a segunda votação do projeto de lei 621/2016.

Em mais uma sessão da Câmara Municipal de São Paulo cercada de manifestantes do lado de fora, os vereadores aprovaram nesta quarta-feira, 26, agora de forma definitiva, projeto de lei que reforma a Previdência Municipal, criando um teto de pagamentos e aumentando os porcentuais de contribuição dos servidores públicos. Foram 33 votos favoráveis à proposta, ante 17 votos contrários. Para entrar em vigor, basta que a lei seja sancionada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), o que certamente deverá ocorrer já que o projeto é de autoria do Executivo.

Após a votação, os servidores que protestavam do lado de fora da Câmara aprovaram, em assembleia, greve de todas as categorias no dia 4 de janeiro. Nesta data, eles vão realizar uma nova assembleia geral para decidir a continuidade da paralisação. Havia a proposta de iniciar a greve nesta quarta, mas os servidores avaliaram que o peso seria menor já que a maior parte dos funcionários da Prefeitura são da Educação, que está em recesso nesta semana.

Imagens: internet