BOMBEIROS RECEBERAM 87 CHAMADAS DE EMERGENCIA EM RAZÃO DA CHUVA E AEROPORTO DE CONGONHAS TEVE VOOS CANCELADOS

11/01/2019

Por Marcelo Neves

São Paulo

Mais uma vez a cidade de São Paulo entrou em alerta, mais uma noite de chuva forte trava os serviços essenciais da cidade.

Foram 26 acionamentos para enchentes, 54 por causa de quedas de árvores e 7 acionamentos para desabamentos. Bairro Ipiranga entrou em estado de alerta. Um córrego da região chegou a transbordar. Zonas norte, sul e oeste também chegaram a ficar em estado de alerta.

O aeroporto de Congonhas registrava chuva forte às 22 horas e teve rajada de vento de 76 km/h às 22h10. Os passageiros enfrentam transtornos, mais de 30 voos foram cancelados. A Forte chuva afetou o funcionamento do aeroporto. Além dos cancelamentos, ao menos 15 voos foram remanejados para outros terminais. Decolagens ficaram suspensas por mais de 1 hora. Latam foi uma das companhias mais afetadas.

Após uma tarde quente, nuvens carregadas cresceram sobre a Grande São Paulo provocando fortes pancadas de chuva na noite desta quinta-feira, 10 de dezembro. As áreas de chuva se espalharam rápido sobre o Grande ABCD, sobre parte das zonas sul, centro e oeste da capital paulista e também sobre municípios no oeste da Grande São Paulo.

Por causa da chuva forte em pouco tempo, o nível do Ribeirão dos Couros subiu rapidamente no ABC paulista. Pelo monitoramento SAISP - Sistema de Alerta e Inundações de São Paulo - às 21h50 o Ribeirão dos Couros estava no nível de emergência em Diadema, no nível de alerta em São Bernardo do Campo (Vila Rosa) e em atenção na Mercedes/Paulicéia em São Bernardo.

A chuva afetou também as linhas de metrô e trens da CPTM fazendo as composições trafegarem mais lentas, com isso o tempo do percurso entre as estações ficou mais lento.

Linhas de ônibus também tiveram atrasos deixando muitos passageiros debaixo d'água nos pontos esperando o ônibus, os alagamentos em vários pontos em vias da cidade fez o trânsito parar, com isso, o transporte público também travou na cidade.

Mais chuva forte chegou do sul do estado de São Paulo para a Grande São Paulo, o que fez a chuva se prolongar pela madrugada desta sexta-feira.

Risco de temporal é maior em SP nesta sexta

O risco de temporais aumenta no estado de São Paulo nesta sexta-feira (11). Além do ar que continua muito quente, uma frente fria avança pelo litoral de Santa Catarina e do Paraná e se aproxima do sul de São Paulo, o que vai facilitar a formação de nuvens carregadas sobre o estado.

A sexta-feira é de alerta na Grande São Paulo, pois temporais como os que ocorreram na terça-feira passada, 8, podem se repetir.

O sábado terá sol, calor e mais temporais à tarde e à noite. No domingo, a frente fria já não terá mais efeito sobre o estado, mas o calor forma nuvens carregadas a partir da tarde e as pancadas de chuva retornam.

Você quer fazer bons negócios?

Anuncie conosco e mostre o seu comércio ou prestação de serviço para muitos leitores do Portal A Rede de Notícias. Faça como fizemos com esta propaganda que você está vendo e seja também visto ou lembrado por seus clientes.

Click na imagem e veja como é fácil e barato anunciar. Estamos te esperando!!!

Faça como o nosso parceiro CEADEH. Anuncie conosco e faça bons negócios.